Código de Ética foi tema de palestra para servidores do agro em Goiás

Titular a Controladoria-Geral do Estado, Henrique Zilller, destacou os principais pontos do Código de Ética e do Programa de Compliance Público do Governo de Goiás em evento realizado na Emater

Durante encontro realizado no Centro de Treinamento e Capacitação (Centrer) da Emater nesta segunda-feira (09/05), o secretário-chefe da Controladoria-Geral do Estado, Henrique Ziller, disse que a conduta ética no serviço público tem de gerar benefícios para toda a sociedade, porque pressupõe uma gestão baseada nos princípios da honestidade, integridade, respeito, cordialidade, responsabilidade, agilidade, transparência, competência, compromisso e empatia.

O encontro intitulado “Prosa do Agro” reuniu servidores da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e suas jurisdicionadas – Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), Agência de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) e Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa). Para contemplar os servidores lotados em outras cidades, a palestra também foi disponibilizada pelo canal do Youtube da Emater.

Assista ao vídeo completo clicando aqui.

Henrique Ziller tratou sobre uma série de temáticas de interesse da administração pública. “Três valores fundamentais do Código de Ética, listados no Artigo 2º, incisos I, II e III do Decreto 9.837 de 23 de março de 2021, são a predominância do atendimento ao interesse público em relação ao interesse particular; a boa e regular utilização dos recursos públicos com a obtenção dos resultados esperados da execução das políticas públicas e a promoção da confiança como fundamento das relações de trabalho entre os servidores e os demais cidadãos”, enfatizou Zilller.

O titular da CGE-Goiás justificou que o Código de Ética não é um conjunto de normas do que é proibido e do que não é, mas uma peça inovadora que traz nova perspectiva no trato da coisa pública pelos servidores. “Antes de ser uma lei, o Código de Ética é uma cartilha que alinha procedimentos e condutas que contribuem para mudar a lógica da deconfiança para a abordagem da confiança”, asseverou Henrique Ziller. Ele também falou da forma democrática como foi elaborado o Código de Ética, que teve a participação da sociedade em consulta pública realizada pela Controladoria.

Ainda em sua palestra, Zilller fez esclarecimentos sobre o Programa de Compliance do Governo de Goiás, que está centrado nos eixos da Ética, Transparência Pública, Responsabilização e Gestão de Riscos. “Quando os servidores públicos atuam com ética, transparência e gestão de riscos em todos os processos administrativos e operacionais, o Eixo Responsabilização se torna praticamente marginal, porque os níveis de possíveis desvios serão mínimos”, argumentou ele.

Ferramentas de gestão

Na abertura dos trabalhos, o presidente da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), Pedro Leonardo da Paula Rezende, afirmou que “o Programa de Compliance Público e o Código de Ética dos Servidores são ferramentas de gestão eficientes para todas as áreas, o que pode ser medido pelos resultados alcançados em cada um dos órgãos. Ele disse ainda que no âmbito do órgão que dirige, o balanço das ações aponta para o comprometimento de todos os servidores com a transparência, com a prática da ética e com resultados altamente positivos, como ficou demonstrado no balanço social da Emater. Pedro Leonardo saudou os participantes e agradeceu pela oportunidade de estar recebendo o titular da CGE-Goiás e os servidores dos demais órgãos do setor público agrícola.

O presidente da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), José Essado, reforçou a importância do Programa de Compliance, cujos resultados são visíveis em todos os órgãos do Estado. Ele também destacou a importância do encontro Prosa do Agro. “Com certeza temos muito a aprender sobre ética com o secretário-chefe da CGE-Goiás, Henrique Ziller, que é uma autoridade nas questões da ética e do compliance e tem conduzido com maestria o PCP do Governo de Goiás, contribuindo muito para a implementação do Programa em todos os órgãos”, disse Essado.

O secretário da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Tiago Mendonça, enalteceu a importância do PCP lembrando que todas as questões que são riscos na Seapa e nas jurisdicionadas (Emater, Agrodefesa e Ceasa) são conhecidos e tratados em consonância com as diretrizes do programa. “O PCP foi decisivo para a correção de rumos em várias áreas, uma contribuição muito valiosa dada pelo secretário Ziller”, destacou Mendonça. Sobre ética, o titular da Seapa ponderou que ela se processa em várias vertentes, incluindo até mesmo aspectos como saúde mental, respeito pelo próximo, ajuda ao outro e espírito de colaboração, aspectos fundamentais para que o trabalho alcance os melhores resultados.

O evento foi organizado conjuntamente pela Seapa, Emater, Agrodefesa, e Ceasa. O objetivo central foi reforçar as ações de internalização do conceito de ética e do Programa de Compliance. Cerca de 200 servidores participaram do evento presencialmente e dezenas de outros por meio eletrônico, já que os trabalhos foram transmitidos pelo canal do Youtube da Emater.

Ao fim dos trabalhos, o gerente de Planejamento Institucional da Emater, Fabiano Vargas, subiu ao palco para mediação de perguntas e esclarecimento de dúvidas, tanto dos participantes presentes quanto dos internautas, além de trazer reflexões sobre o tema apresentado.


Comunicação Setorial da Emater – Governo de Goiás
comunicacao.ematergo@gmail.com | +55 62 3201-2322
www.emater.go.gov.br
@ematergoias