Primeiro dia de Semana da Agricultura Familiar reúne autoridades ligadas ao setor produtivo rural de Goiás

Evento, que segue com programação até sexta-feira (23), promove ciclo de palestras com principais temas de interesse do pequeno produtor

Uma atuação intensa, bem coordenada e efetiva do poder público estadual e o apoio de instituições privadas no trabalho em prol do desenvolvimento no meio rural foram as palavras de ordem do primeiro dia da Semana da Agricultura Familiar, na tarde desta segunda-feira (19), em transmissão ao vivo pelo canal da Emater no YouTube. O evento, realizado pela Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) e Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), segue até a próxima sexta-feira (23), com programação especial voltada para a agricultura familiar.

Na abertura, a primeira-dama de Goiás e presidente do Grupo Técnico Social de Goiás, Gracinha Caiado, ressaltou a importância das organizações ligadas ao setor produtivo rural para o fortalecimento socioeconômico do Estado. “O agro sempre foi nosso parceiro. Nestes dois anos e meio, temos desenvolvido projetos nunca antes realizados em Goiás. Temos chegado aos municípios mais distantes, aos goianos e goianas que mais precisam”, disse.

A primeira-dama listou as principais iniciativas que vêm sendo executadas de maneira inédita pela atual Gestão Estadual para garantir qualidade de vida para as camadas populacionais mais vulneráveis, em especial aquelas que vivem no campo. Atualmente, o governo conta com projetos como Programa de Aquisição de Alimentos Estadual (PAA Estadual), Projeto Cerveja de Mandioca, O Agro é Social e Goiás Social.

Também na ocasião, o presidente da Emater, Pedro Leonardo Rezende, destacou o papel da agricultura familiar dentro do segmento agropecuário. “A agricultura familiar hoje representa 60% das propriedades em Goiás, o que demonstra a importância do setor”, detalhou. Dos 152 mil estabelecimentos rurais no Estado, cerca de 95 mil são classificados como agricultura familiar, conforme o último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em sua palestra, Rezende apresentou ainda um diagnóstico do cenário goiano e quais são os principais desafios do Governo de Goiás para promover o crescimento econômico desse público, fazendo com que seus agentes também sejam beneficiados pelos resultados promissores alcançados pelo agronegócio. “Apesar da riqueza representada pelo agro, ainda nos deparamos com situações de pobreza, insegurança alimentar e insegurança hídrica entre a população rural. Precisamos trabalhar pela inclusão produtiva”, atentou.

O secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça, destacou o valor da Emater nesse processo de promoção de renda, emprego e dignidade no campo e como o Governo do Estado está operando para aprimorar o serviço de atendimento ao produtor rural com a inauguração da nova sede da Agência. “Nós temos uma Emater que além da assistência técnica e extensão rural, está vindo fortemente com laboratórios científicos e estudos direcionado. Estou aqui ao lado do Pedro Leonardo, que fez uma grande gestão para que a gente pudesse culminar neste grande evento”, comentou.

Além dessas lideranças, participaram da abertura o superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Goiás), Dirceu Borges, o diretor de Atendimento e Relacionamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Goiás), Marcelo Lessa, e o presidente da GoiásFomento, Rivael Aguiar.

A programação principal de palestras do dia foi conduzida pelo presidente da Emater, que abordou sobre os principais desafios dos serviços públicos que oferecem apoio ao pequeno produtor rural; a engenheira agrônoma da Emater, Márcia Maria de Paula, que falou sobre empreendedorismo no campo por meio da estruturação de agroindústrias; e o Gerente da Divisão Técnica das Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa), Josué Lopes, trazendo todos os passos necessários para agricultores familiares começarem a comercializar na Pedra.

Semana Estadual da Agricultura Familiar

A Semana Estadual da Agricultura Familiar foi instituída pelo governador Ronaldo Caiado, por meio da sanção da Lei nº 20.513, de 12 de julho de 2019. Desde aquele ano, sempre na semana que compreende o Dia Nacional da Agricultura Familiar, em 24 de julho, devem ser desenvolvidas atividades para celebrar esse segmento que é fundamental para o desenvolvimento de Goiás.

Programação

Assim como na edição do ano passado, a próxima Semana da Agricultura Familiar será exclusivamente digital, com transmissão ao vivo das palestras, em decorrência da pandemia de Covid-19. Entre os temas que serão debatidos estão melhoramento genético de gado a preços acessíveis, produção de cerveja com mandioca da agricultura familiar, como a pesquisa desenvolvida pela Emater beneficia o pequeno produtor rural e detalhes sobre Crédito Rural. Além disso, o evento irá mostrar cases de sucesso com a participação de agricultores familiares assistidos pela Agência que tiveram suas vidas transformadas pela assistência técnica.

Confira a programação completa dos próximos dias de evento aqui

Assista o primeiro dia da Semana da Agricultura Familiar:


Comunicação Setorial da Emater – Governo de Goiás
comunicacao.ematergo@gmail.com | +55 62 3201-2322
www.emater.go.gov.br
@ematergoias