Publicado: janeiro 2021

Última atualização: agosto 2021

Programa de Melhoria da Qualidade Genética do Rebanho Bovino

O Pró-Genética – Programa de Melhoria da Qualidade Genética do Rebanho Bovino – trabalha com a oferta de touros melhoradores a preços acessíveis como meio de carrear genética superior para os planteis de empreendimentos familiares rurais que atuam na produção comercial da bovinocultura de corte e de leite. O programa prevê o aprimoramento do rebanho bovino do Estado e o consequente fortalecimento de uma produção sustentável das cadeias produtivas da carne e do leite de origem bovina.

Realização

O sucesso do Pró-Genética depende da sinergia de diversos segmentos. Em Goiás ele é realizado por meio de parceria entre a proponente, Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ), com atuação principal no gerenciamento da genética melhoradora, criadores (ofertantes) de Zebu e o Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater Goiás), que realiza o levantamento de demandas de acordo com a necessidade dos produtores rurais, com prioridade aos pequenos e médios. Assim, os técnicos atuam esclarecendo e mobilizando esses produtores a participarem dos eventos, sendo também mediadores na comercialização.

Como funciona

A oferta dos touros tem sido feita, preferencialmente*, através da realização de feiras comerciais, onde selecionadores (ofertantes) e pequenos e médios produtores rurais (compradores) são convidados a participar. Desta maneira, a negociação é livre e mediada pelos técnicos da Emater e ABCZ. Pela missão do programa, o preço sugerido para a comercialização dos animais é correspondente de 40 a 60 @ de boi gordo.
Os selecionadores necessitam de seguir alguns critérios para ofertar os touros, sendo elas:
• Possuir registro genealógico como Puros de Origem (PO);
• O touro necessita ter idade máxima até 42 (quarenta e dois) meses na data do evento, de forma a possibilitar ao pequeno e médio produtor rural o seu uso imediato no rebanho, aproveitando-o durante toda a sua vida útil;
• Possuir exame andrológico positivo, atestando sua qualidade como reprodutor;
• Possuir exame negativo para brucelose e tuberculose;
• Peso mínimo de acordo com a raça, idade e regime alimentar.
*A comercialização dos touros pelo pró-genética no Estado de Goiás iniciou-se em 2014 e até o ano de 2019 as feiras foram realizadas no formato presencial com exposição de touros. A partir de 2020, em virtude da pandemia da Covid-19, a continuação desse projeto será baseada na realização de feiras em formatos virtuais ou semi-virtuais.

Regulamento

Clique aqui para ter acesso ao Passo a Passo e Regulamento da ABCZ

Acesse a ABCZ: http://www.abcz.org.br/